Informações para pais e educadores
Header

Homeschooling e socialização

23 de janeiro de 2012 | Publicado por Mariana em Homeschooling

fotografia de Margarita Noyes e Mariana DiscacciatiMargarita Noyes on Homeschooling

Nesta quarta-feira, dia 25 de janeiro, irá ao ar o sexto programa sobre Homeschooling no Blog Talk Radio. Respondendo a perguntas de ouvintes, o assunto do programa desta semana  será a socialização de crianças educadas em casa. Socialização é um dos primeiros “problemas” que costumam ser apontados quando se trata de homeschooling.

No programa desta semana Margarita Noyes irá falar porque as crianças educadas em casa são muito bem socializadas, ao contrário do que a maioria das pessoas contra o homeschooling parece pensar.

Você pode acompanhar as respostas desse post através do RSS 2.0 Você pode deixar um comentário, ou trackback.

6 Comentários

  • Rodrigo says:

    Mariana,

    Eu gostaria de entender o seguinte. No ambiente escolar, inevitavelmente a criança irá passar por situações socialmente desafiadoras como um colega que a ofende, as panelinhas entre as turmas, etc. Apesar de desagradáveis, acredito que estas situações também tem a sua importância, já que futuramente a criança irá encontrar um mundo que funciona desta forma.

    Como o homeschooling prepara a criança para este tipo de situação?

    um abraço,
    Rodrigo (do COF-BH)

    • Mariana says:

      Olá Rodrigo,
      Eu acredito que a socialização da maneira como ocorre nas escolas (pressão dos amigos, bullying, valorização de bens materiais, panelinhas, etc.) não traz nenhum benefício às crianças e jovens. As agressões (tanto físicas quanto psicológicas) têm acontecido nas escolas mesmo entre crianças muito novas e geralmente envolvem um grupo que se opõe a uma única criança. A criança agredida fica em total desvantagem, mas é claro que tudo isso também é maléfico para os agressores. Trata-se de uma experiência extremamente negativa para ambas as partes. Muitas dessas crianças acabam desenvolvendo baixa auto-estima e insegurança ou tornam-se arrogantes, orgulhosas e insensíveis. Pelo contrário, se é educada em casa, ela tem a oportunidade de fortalecer seu caráter com uma boa orientação dos pais e com isso poderá enfrentar o mundo quando estiver realmente preparada para isso (moralmente, intelectualmente, espiritualmente). Os pais não devem esconder dos seus filhos o quão adversa pode ser a vida fora do ambiente familiar, e essa preparação é muito diferente de lançar a criança despreparada para fora de casa. Posso dizer que o homeschooling é realmente a melhor saída se for bem conduzido pelos pais, pois pude comprovar isso observando as famílias que conheci aqui nos EUA, inclusive famílias cujos filhos são ainda adolescentes ou adultos bem jovens. Nenhum deles teve problemas para integrar-se na faculdade ou no trabalho. Os pais enviaram seus filhos para o mundo confiantes de que criaram adultos com uma boa formação intelectual e um bom caráter.
      Um abraço!

  • Gisela says:

    Mariana, cada vez me sinto mais segura com a oportunidade de me tornar uma homeschooler (é assim mesmo o termo?). Embora meus filhos estejam frequentando a escola regular, estou me preparando para isto. Crio mais coragem a cada programa seu que ouço. Sinto a mesma resistência relatada pela professora Margarita. Penso que a parte burocrática da coisa é bastante complexa. Pois, embora esteja nos EUA, vc deve saber que uma liminar na justiça brasileira é algo bastante complicado. Estou juntando reportagens que me servirão de jurisprudência, juntamente com o pacto de San Jose da Costa Rica e, por favor, se souber algo que possa me auxiliar me avise.
    Um grande abraço
    Gisela

    • Mariana says:

      Olá Gisela,
      O termo nos EUA é esse mesmo: homeschooler. Você está no caminho certo, embora saibamos que não será fácil, que será uma luta. Mas com certeza será a melhor educação que você poderá dar aos seus filhos. Eu já estou de volta ao Brasil e conheço a realidade daqui. Estou fazendo a mesma coisa que você, colecionando reportagens e notícias que provavelmente serão muito úteis. Um dos meus projetos é organizar tudo isso no blog e se mais pessoas puderem participar enviando material (notícias, histórias pessoais de problemas nas escolas) será ótimo. Assim que isso estiver encaminhado você ficará sabendo!
      Um abraço!



Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *